domingo, 8 de janeiro de 2012

Hundra - 1983


“No man will ever penetrate my body with sword or himself,”um filme com uma frase shakespeariana como esta não pode ser pouca coisa. E este filme dirigido por Matt Cimber, tem muito mais a oferecer ao espectador além de frases de efeito como esta. Os anos 80 foram dominados pelo gênero “espada e feitiçaria”, que geraria Conan, Xena, e muitos, muitos outros filmes de qualidades duvidosas e variadas. Desnecessário dizer que se o sujeito é cinéfilo canônico tem que correr mesmo dos filmes desse tipo. Nossa heroína , interpretada pela loura Laurene Landon, sai para dar uma volta pelo bosque e quando regressa descobre que todo o seu povo, inteiramente composto por mulheres amazonas guerreiras, havia sido dizimado por uma exército de machões barbudos e selvagens. Só lhe resta errar pelo mundo de então à procura da vingança.


Como é típico no gênero a época é anterior à história. E ela depois de muito vagar chega a uma cidade onde as mulheres não tinham outra função além de serem escrevas sexuais para os machões guerreiros, que organizavam no templo estupros coletivos. Matt Cimber não era besta e narrou a saga da moça com doses fartas de humor, diálogos pseudo-feministas “ avant-lettre” que soam bizarros e irônicos. Feminista e plena de misandria ( agora peguei pesado mesmo)ela, por exemplo, insulta o próprio cão, por ser macho, o tempo inteiro e o chama de “beast”.Todos ,ou quase todos ,os homens que surgem diante da nossa brava guerreira são porcos chauvinistas machistas e estupradores. Não devia ser muito diferente nos tempos antigos. Para tentar fazê-los entender que as mulheres poderiam ser mais que simples objetos sexuais só mesmo muita pancadaria e golpes de espada, coisas que Hundra fazia muito bem. Um detalhe que dá mais credibilidade ao filme é a trilha sonora do gênio Ennio Morricone. O conjunto final é um filme B absolutamente divertido e digno de uma conferida. Só para esclarecer o pedantismo: misandria é aversão ao sexo masculino, ok?

2 comentários:

Tatuador disse...

Amigo Corisco , aceita parceria no meu novo blog , o Phoenix Extreme Movies ? Um abraço.

corisco disse...

claro que sim, colocarei o seu blog na lista, já estava acompanhando ele.